(31) 9 9577-6556

O analista socieducacional do Instituto Cultiva, Rubinho Giaquinto, é também um dos nossos articulistas com postagem frequentes no blog do Cultiva. Gianquinto apresenta em suas crônicas situações do dia a dia numa narrativa sobre as alegrias, dores e angustias existenciais no Brasil e no mundo. São textos que também provocam reflexões e um olhar para a alteridade. Desde a adolescência, o escritor retrata suas experiências sociais e musicais por meio da escrita. Em 2018 ele publicou o livro de crônicas “São só garotos”, uma coletânea de textos que refletem o cotidiano nas periferias, as discriminações e preconceitos vividos por crianças, jovens e mulheres negras, as barganhas do jogo político, mas, há também espaço para a leveza de momentos ternos que nos lembram o quanto a vida é tão rara. O Instituto Cultiva, por meio do nosso articulista, brinda aos que gostam de uma leitura suave, fluída e reflexiva o livro São só garotos, basta clicar no nome da obra.

Ativista Social – Idealizador do projeto “Movimento dos Sem Palco”, que cria oportunidade para novos talentos, Rubinho tem uma trajetória em movimentos sociais, em diálogo pela democratização do conhecimento e da história da arte, na busca por estreitar os laços entre a política e a música, principalmente para a juventude nas periferias e bairros de classe média. Criou, com sua banda, o projeto ”Contando a História do Rock Brasileiro”, apresentado como atividade extraclasse em escolas da região metropolitana e centros culturais de Belo Horizonte. Rubinho também é músico, compositor, ativista cultural belo-horizontino, vocalista e guitarrista da banda Professor Colcheia, professor de guitarra e teoria musical, produtor artístico e executivo de eventos culturais, estuda Licenciatura em Educação Musical/ UEMG.

Acesse o Blog do Instituto Cultiva para acompanhar as crônicas do Rubinho.